Osmar Junior

[…]O terra, terra, terra! Ouve a palavra do SENHOR. — Jeremias 22:29

Arquivos de tags: ateismo

O Novo Ateísmo e Os Argumentos Para a Existência de Deus – William Lane Craig

Um ótimo texto do Dr. William Lane Craig onde ele apresenta vários argumentos a favor da existência de Deus e também discute e analisa os argumentos contrários de ateus como Richard Dawkins.

O maior “problema” de Deus – (God’s biggest “problem”)


Pergunte a maioria dos ateus porque eles não acreditam no Deus da Bíblia, e sua resposta será finalmente voltar para o caráter de Deus. Claro, eles podem mencionar a falta de “provas”, hipocrisia na igreja, etc, mas quando se trata direito baixo para ele, eles têm um problema com Deus.

O mundo é uma bagunça. AIDS, o genocídio, a escravidão infantil, fome, terremotos e tsunamis, de onde estes males vêm, e como poderia um Deus amoroso permitir que as pessoas suporte tantas tragédias horríveis? Mesmo muitos cristãos fazem a pergunta a si mesmos:

Se Deus é tão bom e amoroso, como Ele pode permitir o sofrimento ea morte?

Leia o resto deste artigo »

Vídeo – Existência de Deus: O Argumento Cosmológico – William Craig

Lideres ateus exibem seus Viés

Antes de começar, você deve estar se perguntando, “que diabos é Viés?”, eu também não sabia, você pode ler uma definição aqui: http://pt.wikipedia.org/wiki/Viés

——

Recentemente, li uma reportagem que afirma que Richard Dawkins e Christopher Hitchens querem que o papa preso por “crimes contra a humanidade”, quando ele chega na Inglaterra em setembro. Isto deriva de relatórios que dizem que o Papa Bento XVI havia acobertado um caso de abuso sexual de um menor em 1985, quando era conhecido como o Cardeal Ratzinger.

Eu não prestava muita atenção para a investigação do incidente, assim não me sinto qualificado para falar sobre a inocência ou culpa de Bento XVI. Se ele é culpado de acobertar pedofilia (como alguns outros clérigos católicos tenham sido), então ele deve ser cobrado de forma adequada, embora, eu não tenho certeza se “crimes contra a humanidade” é a carga adequada e, tanto quanto sei, o alegado crime não ocorreu na Inglaterra.

Meu ponto aqui não é discutir as implicações legais do que Bento pode ou não ter feito, é de salientar a hipocrisia total apresentado por Dawkins e Hitchens. Por que não levaram a acusação contra organizações como a NAMBLA, que pretende baixar a idade de consentimento para relações sexuais para 8 anos? NAMBLA pretende legalizar a pedofilia, no entanto, nunca ouvi Dawkins e Hitchens falar contra isso e pedir a prisão de uma liderança do movimento. Se tiverem, eu ficaria feliz em pedir desculpas e retirar esta declaração.

No entanto, o maior ponto de hipocrisia vem de seu próprio sistema de crenças. Se não há Deus, como estes líderes ateus agressivamente proclamam, então não existe um padrão absoluto de moralidade e seria insensato dizer que algo é certo ou errado. Por que razão é que você faz essa afirmação? Para o ateu, há realmente apenas duas opções: indivíduos decidem ou a sociedade decide. Se cada pessoa começa a decidir por si próprio o que é certo ou errado, então não se pode dizer que qualquer das suas decisões foram erradas. Se cada sociedade consegue determinar isso, então ninguém pode dizer que o que os nazistas (que controlava a sociedade da Alemanha em 1930 e 1940) fizeram foi errado porque a sociedade de Hitler determinou que ele estavam certos em exterminar os judeus.

Há um grande problema com um ateu clamar por justiça moral (para que conste, eu estou contente que a maioria dos ateus possuem padrões morais). Se a evolução fosse verdade, então não haveria tal coisa como a vontade humana e a pessoa não conseguiria evitar se comportar da forma que se comporta. Uma vez que seria apenas acidentes cósmicos, o resultado de reações químicas aleatórias, então todas as nossas decisões seria o resultado de reações químicas simples em nossos cérebros. Poderíamos dizer: “Os produtos químicos me fizeram fazer isso.” Considere as assustadoras, mas consistentes, palavras do ateu Will Provine:

Deixe-me resumir a minha opinião sobre o que a biologia evolutiva moderna nos diz em alto e bom som … Não há deuses, nenhum efeito, nenhuma força dirigida a objetivos de qualquer tipo. Não há vida após a morte. Quando eu morrer, eu estou absolutamente certo de que vou estar morto.Isso é o fim para mim. Não há nenhum fundamento para a ética, nenhum significado para à vida, e também não à livre arbítrio para o ser humano.

Dawkins e Hitchens não são consistentes aqui. Eles falam contra os crentes religiosos, mas ainda que o seu ateísmo fosse verdade, as suas observações muito seria desnecessárias! Por que eles não se queixam de “crimes contra a humanidade” cometidos pelos ateus ao longo dos últimos 100 anos? E sobre as dezenas de milhares exterminados por Stalin, Mao e Pol Pot (veja Os resultados da Evolução )?

Além disso, eles não falam contra a sua própria visão religiosa do ateísmo, que é um sistema de crenças sobre o que viemos (nada), o nosso objetivo é (nada), e o que acontece quando morremos (nada). Suas verdadeiras “cores”, portanto, ficam expostas. Dawkins e Hitchens são motivados por um ódio de qualquer coisa que lembre do cristianismo. Por que são tão ofendido com a idéia de Deus, uma vez que nem sequer acredita que Ele existe? Por que gastar sua vida numa cruzada de ataque contra algo que você acha que é um conto de fadas? Por que Richard Dawkins escreve vários livros atacando a Deus e não escreve nada para refutar Tinkerbell, por exemplo?

O fato da matéria é que Dawkins e Hitchens sabem muito bem que Deus existe, mas estão tentando desesperadamente justificar a sua incredulidade. Eles estão cumprindo as palavras de Romanos 1. Eles estão suprimindo a verdade pela injustiça (Rm 1:18). Eles não gostam de reter o conhecimento de Deus em seus pensamentos (Romanos 1:28). Seu coração insensato foram escurecidos e sua forma de pensar é fútil (Romanos 1:21). Eles pretendem ser sábios, mas tornaram-se loucos (Romanos 1:22). Eu oro para que eles venham buscar a verdade antes que seja tarde demais.

Fonte: http://www.answersingenesis.org

Mitos da Evolução: homens-macaco e a licença artística

A sutil montagem macaco-para-humano que mostra um ser como macaco na esquerda lentamente se tornando um ser humano no lado direito faz tanto parte da nossa cultura que qualquer um pode reconhecê-la. Museus de história natural e programas de TV nos dão um suposto vislumbre do passado e como os ancestrais do humanos poderiam ter parecido. Pena que é tudo uma farsa.

Fósseis de macacos são difíceis de encontrar, mas várias espécies foram encontradas. No entanto, um fóssil de macaco novo não gera tanto interesse ou prestígio como se for chamado de ancestral “humano”, razão pela qual há tanta atenção em como fósseis de macacos estão ligados com a história da evolução. O desejo de “preencher as lacunas” leva a muitas conclusões falsas. Por exemplo, algumas das supostas características “bípedes” encontradas em fósseis também são encontrados em macacos vivos que não são bípedes.

Na verdade, imaginação, ânsia e pressupostos influenciam em grande medida as “reconstruções” que encontramos em revistas, livros e na TV. Desfrute da ciência, mas não seja enganado pela ficção.

Fonte: http://mauevivian.blogspot.com

Vídeo: A ciência é onipotente?

Trecho de um debate entre o apologista Cristão William Lane Craig, e Peter Atkins, apologista ateu.

“Diz o tolo no seu coração: Não há Deus” Salmo 14:1

ASSISTAM e COMENTEM.

Leonardo – o dinossauro mumificado

leonardo-7434-17880

No dia 15 de Setembro, o Discovery Channel apresentou nos Estados Unidos um programa sobre “Leonardo”, o fóssil mumificado de um dinossauro (hadrossauro), o fóssil mais completo descoberto até agora. Devido o processo de mumificação, pele e tecidos estão ainda intactos, sendo que no seu próprio estômago fossilizado pode-se ver magnólia, samambaia e vegetação cuneiforme. Tal estado de preservação confirma uma vez mais a rápida formação dos fósseis por meio de um sepultamento catastrófico.

A realidade do catastrofismo na história do nosso planeta é algo que não pode ser negado. No entanto, Darwin utilizou erroneamente como base para a sua teoria que catastrofes não teriam ocorrido: “Todavia, a nossa ignorância é tão profunda, e tão alta a nossa presunção, que nos maravilhamos quando ouvimos da extinção de um organismo; e, como não vemos a causa, nós invocamos cataclismas para devastar o mundo ou inventar leis sobre a duração das formas de vida!”  (Charles Darwin, A Origem das Espécies por Meio da Seleção Natural, Primeira Edição publicada por John Murray, Londres, 1859, p. 74)

Fonte: http://www.universocriacionista.com.br/

Falácias Lógicas: Bifurcação

Falácia: s.f. Engano, ilusão, sofisma. / Filosofia.
Argumento capcioso que induz a erro.

Uma pessoa comete a falácia da bifurcação quando afirma que existem apenas duas possibilidades mutuamente exclusivas, quando, na verdade, há uma terceira opção. Por esta razão, a falácia também é conhecida como a falácia ou-ou e do falso dilema.

Um exemplo simples é:

“Ou o semáforo está vermelho, ou está verde.”

Esta é obviamente falaciosa, pois a luz pode estar amarela.

Um exemplo mais realista é a seguinte:

“Ou você tem fé ou você é racional”.

Isso cai na falácia da bifurcação, uma vez que existe uma terceira possibilidade: podemos ter fé e ser racional. Na verdade, a fé é essencial para ter racionalidade (por exemplo, para fazer sentido das leis da lógica).

Leia Mais…clique aqui

Ateísmo – Uma ótima definição

A crença que no início não havia nada e nada aconteceu a esse nada e o nada de uma forma mágica explodiu por nenhuma razão, criando tudo e então um bando de tudo de uma forma mágica se rearranjou por nenhuma razão em seres que se reproduzem e daí se tornaram dinossauros.

Faz todo sentido…
Encontrei esse texto no blog http://mauevivian.blogspot.com/ e com certeza precisa ter muita fé para acreditar que o universo foi criado do nada por mero acaso e que somos produtos de evolução do que acreditar que tudo foi criado e projetado por Deus.
%d blogueiros gostam disto: